Sugestão de colaboradora do blog

20 Mar
Gostaria de publicar um comentário da Patrícia em forma de POST porque quero muito sugestões de todos vocês sobre o que ela sugere e diz em seu texto.
Vale lembrar, a imagem a qual ela se refere é esta:
Share your thoughts!
“Será que poderíamos explorar a escrita? A criação de uma pequena história? Ou a descrição dos elementos que aparecem na imagem? Estou começando a perder o medo e ficar mais ousada. Após a criação do Blog e a utilização de recursos como o Kakomessenger e o Dvolver, percebi que realmente tem faltado estímulo aos alunos e verifiquei que muitas vezes somos os grandes culpados. Dia desses fui muito criticada por colegas, porque estava fazendo uma leitura interpretativa de um texto do caderno do aluno (volume 1, do 2º Ensino Médio) sobre uma resenha e uma sinopse de filme. Os alunos demonstraram maior confiança à medida em que percebiam que seu conhecimento prévio sobre o gênero e o reconhecimento de algumas palavras eram suficientes para compreender boa parte da mensagem, porém isso se deu em meio a muito barulho. Após o término da aula, alguns professores comentaram da “bagunça” que estava minha aula e eu tentei argumentar que depois de anos, finalmente eu estava conseguindo conduzir os alunos à uma compreensão mais significativa da importância de se aprender Inglês, portanto, freá-los nesse momento, ou “exigir” silêncio, seria um despropósito. Aproveitando o ensejo, falei sobre o blog e o quanto essa ferramenta tem me aproximado dos alunos. Foi então que ouvi de uma colega, que era um absurdo, pois somente alguém que não tinha nada o que fazer, poderia “perder” tanto tempo no computador. Apesar de chateada, ainda tentei convencê-la de que negar as novas tecnologias nos coloca à margem da evolução educacional, porém ela foi enfática ao afirmar que “nossos alunos” não chegarão a lugar algum e que nossa geração nunca precisou disso para aprender, pois para ela, aprendizagem é sinônimo de bom comportamento, silêncio, giz, lousa e caderno…nada mais! Ao invés de sentir-me desmotivada diante dessa colocação, tenho sentido que a autoconfiança dos alunos cresceu, mas a minha também. Nosso grau de intimidade tem permitido que eu os pegue pela mão e aponte os caminhos. Esse processo tem permitido uma troca intensa e valorosa, por isso, peço mais sugestões. Recentemente usei a dica do filme “Signs”, postada por vocês e os alunos simplesmente amaram e arriscaram pouco a pouco escrever em inglês, agora com menos medo de errar.
Nunca imaginei que uma semana de curso, mudaria tanto minha visão e minha prática! Continuo contando com vcs!!!
Bjus”
Patrícia

2 Responses to “Sugestão de colaboradora do blog”

  1. teachernc March 22, 2012 at 8:53 pm #

    Olá, Patrícia. Olá demais colegas.

    É muito importante compartilhar experiências de sala de aula entre nós. Devemos observar alguns pontos: a tecnologia é apenas ferramenta à nossa disposição, ela não é a “panacéia” para todas as possibilidades de aprendizado. Faz parte sim, da geração atual e devemos fazer bom uso dela, porém, o que está faltando é uma atualização da mentalidade da maioria das pessoas em posição de comando/coordenação nas escolas que envolva, também, todos os educadores que nelas trabalham.

    Patrícia: fico feliz que o video indicado em meu post de 24/fev. tenha feito sucesso com seus alunos. Continue assim, seu interesse e atitudes de experimentação do novo são um estímulo para todos nós! Abs, Neusa

  2. Eveline Cavalcante March 21, 2012 at 12:09 am #

    Olá Patricia e Todos que acompanham o Blog,
    O comentário da colega que afirma que ‘“nossos alunos” não chegarão a lugar algum e que nossa geração nunca precisou disso para aprender, pois para ela, aprendizagem é sinônimo de bom comportamento, silêncio, giz, lousa e caderno…nada mais!’, realmente perdeu uma bela oportunidade de ficar calada.
    Ela deveria se atualizar ‘um pouco’e ler mais a respeito das gerações y e z (também chamadas de geração google ou geração internet). Nossos alunos não querem mais professor GLS(giz, lousa, saliva). Essa estratégia faz parte de uma abordagem que não tem mais lugar na sala de aula; o professor hoje não é o único que detem conhecimento na sala de aula( basta observar que eles(alunos) possuem muito mais conhecimento em tecnologia que nós, professores). Talvez essa colega que criticou você, Patricia esteja se escondendo atrás de uma baita insegurança de não ter que mostrar aos alunos dela que, de fato, não possui conhecimento para lidar com a tecnologia no ambiente educacional. Pobre alma! Não sabe ela que a troca entre professor-aluno hoje, faz o professor ganhar, sempre, afinal de contas, podemos não ter o pleno conhecimento de tecnologia educacional, mas temos a maturidade(?) para lidar com isso, sem medos. Eu, pelo menos, aprendo sempre com meus alunos. Fui da geração onde a aprendizagem era sinônimo de silêncio, giz, lousa e caderno, mas adoro o desafio da sala de aula de hoje. É muito mais enriquecedor para os alunos e para nós. Todos ganham!
    Não esmoreça! Ignore os ignorantes.
    Parabéns pela iniciativa de se preocupar com a excelência em nossa profissão.
    []s,
    Eveline

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: