Matéria sobre o ensino de inglês em escolas públicas

17 Aug

Gostaria de compartilhar uma curta matéria que li hoje no site da revista Nova Escola sobre o status do ensino do inglês nas escolas públicas do nosso país.

O título “É preciso ir além do ensino do inglês” me intrigou. O autor relaciona o problema a dois fatores principais: à falta de perspectiva em relação à necessidade dos alunos brasileiros virem a utilizar a língua no futuro e à questão  da formação do professor e sua proficiência.

Leiam o texto e me digam o que acham!

http://revistaescola.abril.com.br/fundamental-2/preciso-ir-alem-ensino-ingles-ver-636867.shtml?utm_source=redesabril_fvc&utm_medium=facebook&utm_campaign=redesabril_novaescola

2 Responses to “Matéria sobre o ensino de inglês em escolas públicas”

  1. Eveline Cavalcante August 19, 2012 at 1:39 pm #

    Creio que essa visao de escola pública deficiente em relação ao ensino de língua inglesa, começou a mudar este ano por conta da Portaria no 5361 de 04/11/2011. A portaria implanta o ensino de língua inglesa no Fund.I de forma bastante sistemática(vale a pena ler a portaria!)

    A SMESP está investindo na formação dos professores de Língua Inglesa, de modo a aprimorar o trabalho com os alunos dessa faixa etária específica. Em fevereiro houve uma semana de oficinas que promoveu a troca de experiências entre os profissionais da área, mediada pela Fundação de Apoio a Faculdade de Educação – FAFE/ USP. Eu sou uma professora-formadora.
    Na semana passada houve a segunda parte de semana de oficinas. Além desses 2 encontros onde os professores puderam ser reunidos, as professoras-formadoras estão fazendo acompanhamento desses professores visitando e assistindo as aulas desde então. O trabalho está bem bacana!(sou meio suspeita para falar isso!), mas penso que a intensificação das ações de formação dos professores de Língua Inglesa que atuam com alunos do Ensino Fundamental I certamente aumentou os saberes desses professores. O planejamento de situações didáticas ajustadas às necessidades de aprendizagem dos alunos, tomando como referência os estudos contemporâneos de ensino-aprendizagem está refletindo nas ações dos professores em sala. Quem ganha com isso? Os alunos! Estes alunos do 1o. ano deste ano, estarão melhor preparados e, assim, as aulas de língua inglesa a partir do 6o. , em 2017, certamente irão bem além do verbo to be! O processo é longo…mas o aprendizado de uma língua estrangeira não acontece da noite para o dia, sabemos disso. E, se nunca, começarmos, nunca iremos além do verbo to be.

  2. LAIS TRIVELATTO August 19, 2012 at 4:04 am #

    Realmente uma vergonha, triste realidade brasileira- 31 lugar! credo![?]

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: